Isolado, Lula vive dias de depressão e já admite a hipótese de prisão

Pessoas próximas do petista e que convivem com ele no Instituto Lula garantem que ele não suporta mais o clima delações premiadas, condenações e prisões.

Lula não está aceitando o golpe que o destino está lhe aplicando.

Durante reuniões no Instituto, ele se mostra quase formal, não ri e não faz as rotineiras piadas, o que é marca registrada do ex-presidente.



O petista já aceitou até a hipótese de prisão e sabe que será citado em diversas delações que estão em curso.

Caso seja condenado e preso, Lula terá ao seu lado amigos como Antônio Palocci e Guido Mantega, além de Vaccari, José Dirceu e cia.